URGENTE: Frigorífico lamenta fechamento da unidade em Ipumirim .
URGENTE: Frigorífico lamenta fechamento da unidade em Ipumirim .
18/05/2020


Concórdia – A JBS divulgou na tarde desta segunda-feira, dia 18, uma nota à imprensa após os encaminhamento dado pelos fiscais do trabalho que suspenderam as atividades da unidade de Ipumirim. De acordo com as informações, todas as medidas adotadas seguem um rígido protocolo de prevenção contra a Covid-19.

Além isso, a JBS reitera que suas operações seguem os mais elevados padrões de segurança para o setor frigorífico e “refuta” qualquer orientação ao contrário bem como medidas injustificáveis para suspensão das suas atividades.

De acordo com a direção da JBS, medidas cabíveis e judiciais serão tomadas para a retomada das suas operações em Ipumirim. A empresa reiterou que são 25 anos de história em Ipumirim com o emprego de 1,4 mil trabalhadores e o processamento de 135 mil aves diariamente.

A companhia ainda lembra que a “interrupção das atividades na cidade promove um clima de instabilidade perante todos os colaboradores e comunidade que, de forma direta e indireta, se relaciona e depende do funcionamento da unidade”. Por fim, diz a empresa que lamenta “profundamente” toda essa insegurança e que não reflete a realidade das operações e das medidas implementadas na unidade de Ipumirim.

NOTA

“A JBS tem como objetivo prioritário a saúde dos seus colaboradores e adota um rígido protocolo de prevenção contra a Covid-19 em suas unidades. Essas medidas seguem as orientações dos órgãos de saúde e do Hospital Albert Einstein, além de especialistas médicos contratados pela empresa para apoiar na implantação de um protocolo robusto e necessário para proteção dos seus colaboradores.

Mediante os protocolos e medidas de prevenção já implantadas, a JBS reitera que suas operações seguem os mais elevados padrões de segurança para o setor frigorífico e refuta qualquer orientação em contrário bem como as medidas injustificáveis para suspensão das suas atividades, razão pela qual a empresa irá tomar as medidas judiciais cabíveis para retomada das suas operações em Ipumirim.

São 25 anos de história dessa unidade com a comunidade de Ipumirim e, somente nessa fábrica, a empresa emprega mais de 1400 pessoas. Diariamente, a unidade de Ipumirim processa 135 mil aves. Com a suspensão dessa operação, é inevitável que a cadeia de produção, incluindo os 240 produtores rurais da região, também tenha que suspender suas atividades, o que poderá trazer graves consequências no âmbito social, econômico, sanitário e de abastecimento à população.

A interrupção das atividades na cidade promove um clima de instabilidade perante todos os colaboradores e comunidade que, de forma direta e indireta, se relaciona e depende do funcionamento da unidade.

Lamentamos profundamente toda essa insegurança e que não reflete a realidade das operações e das medidas implementadas na unidade em Ipumirim. Nossos esforços se somam ao enorme orgulho e confiança em tudo que fazemos e da relevância do nosso trabalho para levar o alimento às famílias do mundo inteiro, especialmente nesse momento tão delicado na vida de todos e em que o alimento é tão fundamental.”

PUBLICAÇÕES RECOMENDA



Referências: por Alex Pacheco
Últimos Posts

No Ar Agora!
AMANDA DE MELLO
PARADÃO DE SUCESSOS
Início: 13:10 - Fim: 19:00







     

 



Endereço: Rua 7 de setembro, 170, Centro - Lindóia do Sul
Telefone: (49) 3446-1232 | Cel: (49) 99977-5169
E-Mail: contato@radioprincesadovalefm.com.br


Rádio Princesa do Vale FM .© 2020 Todos os direitos reservados.
03/07/2020 02:58:02